Roca de Velha
[Hedychium gardneranum]

Também chamada Conteira, é originária da região dos Himalaias e foi introduzida nos Açores em meados do século XIX. Nos anos em que os temporais destruíam as colheitas e acabados os mantimentos de reserva, a população socorria-se dos tubérculos desta planta secando-os e transformando-os em farinha com que se fazia uns bolos para matar a fome. Hoje, e apesar de se ter transformado numa "das maiores ameaças para a flora indígena" (in SJÖGREN, ERIK: AÇORES - FLORES), é apreciada pela sua beleza, odor e doçura das suas flores, que as crianças adoram sugar.

   

© 1998-2012 Bráulio Fonseca e Galaia - CSI

Ilha de São Jorge, Açores, Portugal