Norte Grande: Fajã do Ouvidor

Situada na rocha do Norte Grande, toma o seu nome do facto de Valério Lopes de Azevedo, Ouvidor do Capitão do Donatário, ser o seu principal proprietário. Para além de uma piscina particular construída recentemente, na década de 1960 foi construído, pela Lacticínios de S. Jorge, um viteleiro que destoa por completo dos restantes edifícios, alguns já bastante modernizados, possui ainda uma ermida dedicada à Senhora das Dores (que é festejada no terceiro Domingo de Setembro),

um restaurante - O Alberto - e dois chafarizes com água captada numa das muitas nascentes da encosta sobranceira, que possibilitam a visão de mais de uma dezena de quedas de água.
Pertence a esta Fajã o melhor porto da costa Norte da ilha, com as particularidades de, junto ao mesmo, se poder nadar numa piscina natural e, em determinadas ocasiões, condicionadas pela altura da maré e agitação do mar, detectar no fundo deste a existência de nascentes de água doce. Ao percorrer-se o alcantilado da sua costa, com recantos surpreendentes, pode-se ter a sorte de deparar com alguns dos ninhos das aves que se fazem ouvir durante a noite, o Cagarro.

   

© 1998-2012 Bráulio Fonseca e Galaia - CSI

Ilha de São Jorge, Açores, Portugal