Norte Pequeno

Núcleo populacional formado por pessoas oriundas da Calheta que em 1690 edificaram uma ermida, dedicada a S. Lázaro. Em 1717 foi criado um curato, desligado da Matriz da Calheta em 1748. A sua igreja foi destruída pelo terramoto de 1757. Possui importantes infra-estruturas como sejam: Escola de Ensino Básico, Casa do Povo e Salão Paroquial; uma moderna unidade fabril da Cooperativa Agrícola de Lacticínios do Norte Pequeno onde, se a visitarmos na altura certa, poderemos ficar elucidados sobre as diversas fases do fabrico do queijo e, desde 1982, uma filarmónica.

Esta freguesia, para além de ter várias fajãs de entre as quais destaco, por ser a minha preferida, a Fajã da Penedia, tem um panorama inesquecível que nos é oferecido pela encosta Norte da ilha, com os recortes da Fajã dos Cubres e da Caldeira com suas lagoas, uma abundante em camarões e a outra com apetitosas amêijoas. Se tiverem espírito aventureiro vão até lá e explorem a lagoa da furna do Poio, na Fajã dos Tijolos.

   

© 1998-2012 Bráulio Fonseca e Galaia - CSI

Ilha de São Jorge, Açores, Portugal