Rosais: Fajã de João Dias

Pela Fajã de Jandias, no tempo das ligações marítimas com a América, se fazia grande parte da emigração clandestina.
O mar junto a esta Fajã era muito rico em peixe e frequentado por pescadores do Pico que numa gruta, com a entrada hoje obstruída por derrocadas, armazenavam os seus haveres e lá pernoitavam. Desta gruta Margarida não poderia ver o Faial.

   

© 1998-2012 Bráulio Fonseca e Galaia - CSI

Ilha de São Jorge, Açores, Portugal