Santo Amaro

Nesta povoação, elevada a freguesia por resolução de D. Pedro II datada de 20 de Outubro de 1691, rebentou em 1580 o 1º. vulcão que houve nesta ilha, após o povoamento. No dia 8 de Maio de 1808, no lugar das Areias, houve uma outra erupção que se manteve em actividade até ao dia 28. Possuidora de grande diversidade, porquanto se extende da costa Norte à costa Sul, sua população divide-se pelas povoações de Fajã de Vasco Martins, Toledo, Santo Amaro, Ribeira do Almeida, Queimada, Boa Hora e Fajã.

Dedicando-se maioritariamente à agricultura, não descurou a cultura mantendo activa, ainda hoje, a filarmónica da Sociedade Recreio Amarense.
Dos montes sobranceiros ao núcleo populacional principal, próximo ao lugar das Areias e de um largo onde termina um ramal da estrada, pode observar-se extensa área da costa Sul, desde o Aeródromo, inaugurado em 1983, à Urzelina.
Sua igreja data do século XVIII.

   

© 1998-2012 Bráulio Fonseca e Galaia - CSI

Ilha de São Jorge, Açores, Portugal